The Open Door

Faixas

Lançamento: 3.10.2006 | Status: 4,6 milhões de cópias

01. Sweet Sacrifice
02. Call Me When You're Sober
03. Weight Of The World
04. Lithium
05. Cloud Nine
06. Snow White Queen
07. Lacrymosa
08. Like You
09. Lose Control
10. The Only One
11. Your Star
12. All That I'm Living For
13. Good Enough

Singles


CMWYS

Lithium

Sweet Sacrifice

Good Enough

WOTW

Together Again

Formação e Convidados

● Amy Lee: vocais, piano, arranjos de corais e programação adicional.
● Terry Balsamo: guitarra.
● John LeCompt: guitarra e programação adicional em All that I'm Living for e Call me When You're Sober.
● Will Boyd: baixo.
● Rocky Gray: bateria.
● Millenium Choir, Los Angeles - Susan Youngblood, Talaya Trigueros, Mary Gaffney, Alyssa Campbell, Bebe Gordon, Melanie Bruno, Dwight Stone, Eric Castro, Darryl Phinnesse, Tamara Berard, Kevin Dalbey, Marcella Carmona, Tania Themmen, Joanne Paratore, Lisa Wall-Urgero: coral de fundo em Everybody's Fool, Haunted, Imaginary e Whisper.
● Carrie Lee: vocal de fundo em Call me When You're Sober.
● Lorie Lee: vocal de fundo em Call me When You're Sober.
● DJ Lethal (da banda Limp Bizkit): programação.
● Bon Harris: programação adicional em All that I'm Living for.

Informação

"Sinto como se eu tivesse escancarado todas as portas da minha vida, e agora eu posso fazer o que quiser".

A banda gravou várias músicas novas: 13 foram incluídas no CD The Open Door. The Last Song I'm Wasting on You, If You Don't Mind e Together Again foram gravadas, mas não entraram para as faixas do CD. The Last Song I'm Wasting on You foi distribuída como faixa bônus para quem comprou o download do CD antecipadamente pela internet, juntamente com uma entrevista com Amy Lee. Em Lacrymosa, assim como em Anything for You, um trecho instrumental e os versos do Réquiem de Wolfgang Amadeus Mozart são utilizados. Eles são "Lacrimosa dies illa, qua resurget ex favilla judicandus homo reus. Huic ergo parce, Deus. Pie Jesu, Domine, dona eis requiem. Amen", que significam "Lacrimosa dia de lágrimas, aquele em que o homem pecador renasce da sua cinza para ser julgado. Tende, pois, piedade dele, Deus. Ó piíssimo Jesus, ó Senhor, concedei-lhe o repouso eterno. Amém".

As fotos do encarte são do ensaio fotográfico de Frank Ockenfels 3, exceto uma imagem da sessão de fotos do clipe de Call Me When You're Sober, por Karl Larsen, e uma foto ao vivo tirada por Beth Wilson (maquiadora).

Amy Lee havia feito um rascunho para a capa do CD, bem interessante, que ela postou no EvClub. A porta da capa do CD trata-se de uma pintura feita à mão. Algumas imagens podem ser vistas clicando aqui e aqui, e foram postas à venda no eBay. É também possível assistir a um pequeno vídeo sobre a conclusão da capa do CD The Open Door, que é um vídeo escondido na versão digital do álbum.

Acima de cada letra de música, aparece uma imagem diferente. Elas têm analogia com a letra.

  • Em Sweet Sacrifice, uma mariposa, da família das borboletas, representa o que a letra chama de "You poor sweet innocent thing". Na interpretação psicanalítica dos sonhos, a borboleta aparece muitas vezes como um símbolo de libertação, como em "Now that I'm unchained"; no simbolismo cristão, a borboboleta simboliza por um lado a ressurreição e imortalidade e por outro a vaidade vazia e a futilidade, devido a sua vida curta e beleza passageira. O siginificado da borboleta, baseia-se, contudo, em sua metamorfose, de ovo, para lagarta e de crisálida, presa à rigidez da morte, para inseto alado com cores brilhantes e voltada para a luz do sol. Por isso na Antigüidade, ela já era um símbolo da alma, pelo fato de não se extinguir para a morte. A passagem que representa todo este simbolismo é, portanto, a parte final em que o coral canta "I dream in the darkness, I sleep to die, Erase the silence, Erase my life, Our burning ashes blacken the day, A world of nothingness blow me away".
  • Em Call me When You're Sober, aparece uma formiga especial responsável por guardar água e alimento em seu abdômen para as outras trabalhadoras (honeypot ant), fato que pode estar relacionado com o apego excessivo ou a necessidade da outra pessoa na música.
  • Junto das letras Weight of the World e Lithium, um guarda-chuva lembra uma proteção, algo que não permite que outras coisas nos toquem, como nas passagens "Like all my screming has gone unheard" e "If you love me, then let go of me" de Weight of the World e "Don't wanna lock me up inside" e "Can't break free until I let it go - let me go" de Lithium. O guarda-chuva também lembra Mary Poppins, figura clássica que o usa para voar "Freefall, freefall, all through life".
  • Em Cloud Nine, aparece um pássaro, dando alusão à liberdade e ligando-se às passagens "If you want to live, let live" e "I just want to feel that high".
  • Em Snow White Queen, conforme a inspiração da música, uma gaiola cerca o pássaro único (Amy disse que essa faixa veio dos momentos nos quais ela não podia sair dos hotéis pois alguém a perseguia. Há uma espécie de adoração e doença na letra da música - "There's nowhere to run", "Soon I know you'll see you're just like me" e "Don't scream anymore, my love, 'cause all I want is you").
  • Na página de Lose Control aparece um cordeiro, citado explicitamente na letra, "my lamb". Também pode haver uma conecção com a música infantil Mary Had a Little Lamb / Mary Tinha um Cordeirinho, uma canção tradicionalmente usada nos Estados Unidos para ensinar as crianças a falarem mas que já foi regravada por vários artistas com outras interpretações.
  • Em The Only One, aparece um animal mitológico, o Grifo, que põe ovos de ouro e é associado a muitas virtudes e nenhum vício; como se trata da representação do magnífico, faz referência a todo o contexto da música, inclusive o título.
  • Em Your Star, aparece uma luneta, instrumento utilizado para ver estrelas e planetas distantes da Terra - "I can't see your star".
  • Em All that I'm Living for, a chave simboliza a passagem "Lock the last open door".
  • E, em Good Enough, o colar com o coração mostra o amor em que toda a música se mergulha.
  • Para a versão digital do CD The Open Door comprada pelos iTunes, o encarte apresentava uma pequena modificação. As páginas das músicas Lacrymosa e Like You não são como as encontradas no encarte comum, elas também apresentam figuras como as outras letras. Há uma lágrima em Lacrymosa e um caixão em Like You. A página digital de Lithium mostra um inseto (o tatuzinho de jardim), o mesmo do Radio Single dos EUA.
  • O CD tem como figura uma constelação. A capa do CD The Open Door é em Digipak, feita inteiramente de papelão. Não há a usual caixa plástica, sendo a resolução da impressão muito melhor em comparação aos CDs normais. A duração, no entanto, é menor. A lateral e os detalhes são em dourado. Atualmente, é possível comprar a versão caixinha comum, sem ter sofrido nenhuma alteração no encarte.

Vídeos

AnexoTamanho
Créditos TOD.txt7.78 KB