Amy Lee

AltSounds entrevista Amy Lee

The Lowdown
Entrevista com Amy Lee do Evanescence

“...Eu acho que de várias maneiras, por ser uma mulher, eu tenho usado isso ao meu favor...”

Recentemente nomeados para o MTV EMA na categoria “Melhor Performance em Turnê”, a banda vencedora de Grammys Evanescence já vendeu mais de 23 milhões de discos ao redor do mundo e, com o seu último single subindo para mais de 8,5 milhões de visualizações no YouTube, é fácil ver que esse quinteto arrasador que resume o sucesso do rock, apesar de ser uma banda diferente em seu gênero, ainda é muito falado por seus milhares de fãs ao redor do mundo.
Tendo gasto o verão fazendo shows esgotados para os fãs na Europa, Evanescence também está escalado para tocar no Reino Unido, que vai marcar sua primeira visita desde o sucesso de seu álbum auto-intitulado nº 1 na Billboard, Evanescence, lançado em Novembro de 2011.
Renomado por seu puro e orquestral arranjo rock, bem como pelo lindo e sombrio vocal de sua líder, eles realmente são merecedores do respeito pela indústria como um todo.

A AltSounds teve a oportunidade de falar com a sempre linda e igualmente cativante cantora, Amy Lee...

Na entrevista, Amy responde a perguntas já conhecidas dos fãs, como:

- Algumas de suas grandes influências musicais: Bjork, Tori Amos e Mozart;
- O filme Amadeus a ter inspirado a entrar no mundo da música;
- Em como adora todo tipo de arte, comida e pintura;
- O papel das mulheres numa indústria do rock dominada por homens e quão importante é ser sempre você;
- Fica feliz em poder ajudar os fãs a entender e compreender seus sentimentos através de sua música;
- No que fizeram durante o tempo parados e na falta de planos para o futuro;
- As complicações de se estar em turnê e no prazer em conhecer novos lugares.

Destacamos, aqui, as partes mais interessantes da entrevista:

AltSounds: Você se tornou uma grande influência na indústria do rock; como você vê a indústria em 2012 em termos de coragem e poder femininos? Você acha que ainda é muito difícil para mulheres avançarem? Ou você acha que tem se tornado fácil? Os homens terão sempre o monopólio no rock?

Amy: Eu falava sobre isso agora com a Lizzy do Halestorm. É interessante. Digo, é definitivamente uma indústria dominada por homens - todos sabem disso -, não é tanto por por culpa de ninguém mas é algo que começamos a esperar porque tem sido a maioria por muito tempo. Eu acredito que, de várias maneiras, ser uma mulher, eu usei isso ao meu favor, você sabe, porque nos faz únicas e eu não tento não ser feminina, eu não tento provar que eu sou durona.

AltSounds: No Fallen, você escreveu Going UnderBring Me To LifeEverybody's Fool... esses singles parecem ter origem em uma mente fria/machucada/dark de traição, e ultimamente em transmitir à renovação. Você parece muito mais aberta com seu emocional e extremamente conectada ao sofrimento humano no amor e tudo que vem com isso. Eu amo a frase "don't try to fix me, I'm not broken" (música 'Hello', álbum 'Fallen'), é lida como se fosse um diário... Como você evoluiu como banda e pessoalmente desde aquele primeiro álbum?

Amy: Hmm, essa é uma boa pergunta. Muito! Nos dois. Digo, a banda evoluiu tremendamente desde então, e o som como banda mesmo. Eu, pessoalmente... ainda mais. Eu nem mesmo sei por onde começar; você simplesmente cresce muito entre os 15 e 30 anos (risadas). É, parte disso, hum, pra mim realmente é um diário quando estou escrevendo, não importa pelo que eu esteja passando,   não importa quão grande seja o segredo, não importa o que seja, eu não consigo mentir enquanto escrevo música. Vem tudo do meu coração.

As coisas que saem para fora, na maior parte do tempo, quer eu queira ou não, se precisa sair, simplesmente saem. E a música é o único lugar que eu vou ser brutalmente honesta comigo mesma.

AltSounds: Eu estava ouvindo seu terceiro álbum esta manhã, o Evanescence, e eu creio que definitivamente havia uma narrativa alí. Como "isso é o que eu estou passando, mas isto é como eu vou superar isso..."

Amy: Eu sempre espero que as pessoas possam ver - e eu me pergunto se elas veem - que eu estou procurando por um lugar melhor. Apesar de na maior parte do tempo você estar falando de experiências que são bem sombrias, nunca é sem esperar por uma mudança.

Você sabe, é sempre procurando por felicidade. E é por isso que eu odeio quando as pessoas nos rotulam de gótico. Eu não fico sentada por aí afundando em infelicidade, nem um pouco - eu só estou processando esses problemas para que eu possa ficar melhor.

AltSounds: Nós vimos um timbre levemente diferente em você no The Open Door três anos depois. Era meio que mais gótico e bem mais sombrio e tinha claramente mais força por trás das suas letras. Mesmo seus arranjos musicais eram mais fortes e, digamos, enérgicos. Isso foi um progresso natural, soar sensato?

Amy: Desde a turnê do Fallen eu tenho visto muita coisa. É difícil explicar.Eu tive tantas experiências que foram, tipo, grandes primeiras experiências de vida no período entre o lançamento do Fallen e o lançamento do The Open Door. E você sabe, lançar oFallen e acabar aquela primeira turnê, todo o meu mundo mudou de várias maneiras e eu tinha muito o que escrever. Então há novas cenas. E eu vejo, em todos os nossos álbuns, ainda há muito sobre 'aqui está o problema e eu preciso superá-lo'. Mas isso foi um novo conjunto de obstáculos e havia muita liberdade lá porque eu realmente havia passado por e sobrevivido e superado vários problemas e eu estava "evoluindo" da escrita do Fallen. Então você sabe, foi como "aqui está a nova carga!".

Quem quiser ver a entrevista na íntegra, em inglês, basta acessar este link: 
http://hangout.altsounds.com/features/153489-lowdown-interview-amy-lee-evanescence.html





icone do Facebook icone do Twitter
 

Entrevista ao Programa "Se liga"

Confira abaixo a entrevista que a Amy concedeu ao programa "Se Liga" antes da apresentação no Ceará Music há uma semana atrás:





icone do Facebook icone do Twitter
 

"Obrigada Fortaleza, Obrigada Deus..."

Ao chegar em Assunção na madrugada desta quinta-feira a Amy despediu-se mais uma vez do Brasil e mandou um recado aos fãs Paraguaios. Além disso, já como uma quase tradição, trocou o seu background do Twitter para a bandeira do Paraguai.

Hoje eu saí do meu perfeito pequeno casulo, onde estive curando a minha alma nos últimos 3 longos dias...

Eu estava realmente perdida no paraiso. Na música, no amor e na impressionante beleza deste mundo que força você a largar tudo e apreciá-lo.

 ...Obrigada Fortaleza. Obrigada Deus.

E agora estamos aqui no PARAGUAI pela primeiríssima vez! Eu mal posso esperar para fazer música com vocês! O show é nesta sexta-feira, 19 de outubro – ESTEJAM LÁ!

Ah, e eu tenho um pedido especial para o fã club ou qualquer um que for no meet & greet! Preciso de uma bandeira do Paraguai para a minha saia, 12x18 polegadas.

 





icone do Facebook icone do Twitter
 

Amy agradece ao Brasil!

 Ela deixou registrado seu carinho pelo Brasil! Leiam abaixo:

"Tivemos os momentos mais lindos contigo, Brasil. Obrigada por tudo, nos lembraremos para sempre!"

 

G1 elege os momentos marcantes do Ceará Music 2012

Evento ocorreu nos dias 12 e 13 de outubro e atraiu 60 mil pessoas. G1 selecionou momentos marcantes do evento e citou o Evanescence em dois momentos:

Mais Aguardado:

 

Pela primeira vez no Ceará, a banda americana Evanescence fez o show mais esperado do evento. Em clima de despedida, Amy Lee agradeceu em inglês a temporada no país. "Obrigada por fazer do Brasil uma segunda casa pra gente". Além das declarações de amor aos fãs brasileiros, Amy Lee homenageou o país na última apresentação com um figurino de uma saia de tule com brilho nas cores verde e amarelo. Em português, a cantora repetiu algumas vezes "obrigada" e "Fortaleza". O Evanescence começou a turnê pelo Brasil no dia 4 de outubro. Além de Fortaleza, a banda tocou antes em quatro capitais, Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo e Recife. O último disco homônimo do Evanescence lançado em 2011.

Mico:

 

Antes de embarcar em Fortaleza, a cantora Amy Lee usou a rede social Twitter para dizer que tinha esquecido as calças. Ela aparece em foto enrolada na bandeira do Brasil. Ao postar a imagem, a cantora escreveu “Sabe aquele pesadelo de quando você esquece as calças? Obrigada Deus pela bandeira que nos deram. Brasil, você realmente salvou a minha pele”. A banda estava em Recife, onde fez show na quinta-feira (11), e seguiu para a capital cearense, onde encerra a turnê no Brasil. O Evanescence vai se apresentar neste sábado (13) no festival Ceará Music, no Marina Park Hotel. No segundo dia no evento, também estão na programação Pitty, com o projeto Agridoce, Simple Plan, O Rappa, Evanescence, The Used e Biquini Cavadão.

Fonte: G1

 

Top 10 - Top dos Artistas MTV

Amy Lee, vocalista do Evanescence, participou do Top dos Artistas da MTV e contou quais são as 5 mulheres da música que ela mais curte!





icone do Facebook icone do Twitter
 

Amy Lee e suas novas saias!

O estudante de Design de Moda Vinícius Almes, que completou 22 anos no último dia 9 de Outubro, não sabia que seu presente de aniversário seria tão grandioso!

Ele, que junto das amigas Lígia e Bre, começou a curtir o Evanescence logo após o estouro de Going Under, não imaginava que até hoje esse seria o assunto principal.
Sempre curtiu o ar clássico do Evanescence e o aspecto cheio de arabescos que traz o visual da Amy Lee, e daí então surgiu o sonho de um dia desenhar alguma roupa (mais especificamente saias) para ela...
Através de vários encontros que já tinha tido anteriormente com a Amy, inclusive um dos últimos que foi no Rock in Rio 2011, onde ela autografou a costela dele, o que resultou em uma linda tatuagem (veja a foto aqui ), a vontade de desenhar uma saia foi aumentando até que ele deu a cara à tapa e resolveu confeccioná-la. Inspirado nos últimos figurinos da cantora onde há muito brilho e alguns resquícios da moda atual, a idéia foi criar algo misturando essas duas referências, formando a imagem da Amy Lee.

O resultado, como vocês podem imaginar e muitos já até viram, foi duas saias maravilhosas que ela recebeu no Rio de Janeiro no último dia 06 de Outubro e que rapidamente foi parar no twitter da própria Amy que provou e ainda brincou "Ficou como você imaginou?" se referindo ao fato dela se vestir exatamente como estava no desenho, até com a mesma cor de calça!
O sucesso foi tanto que Vinícius deu várias entrevistas, tirou fotos com fãs no Rio e em São Paulo, e ainda por cima ficou conhecido mundialmente depois que a Amy divulgou o seu trabalho.

Impossível olhar para esses desenhos sem imaginar a Amy em cada detalhe, foi um trabalho muito bem feito que merece ser divulgado, e nós do Immortal Essence não podíamos deixar passar em branco essa dedicação tanto do quanto da Amy em mostrar de uma maneira tão delicada o quanto amou os presentes!
Parabéns Vinícius!!!

Fotos do dia da entrega das saias e uma foto da confecção

O recado que a Amy mandou pra ele
"Muito obrigada pelo lindo vestido. Vejo você essa noite. Amy Lee"

Obrigada Vinícius por permitir a divulgação das fotos e da sua história!
Quem quiser entrar em contato com ele, o email é vinicius_almes@hotmail.com e o site www.viniciusalmes.com.

 

 

VĂ­deos da passagem da banda por Recife

Ainda sobre o show no Recife, temos mais dois vídeos que saíram no site da globo dos jornais regionais. 

O NETV fala sobre o pré show, os fãs na porta do hotel e mostra até uma mini entrevista com o Tim, assista:

O Bom dia PE fala sobre o pós show, mostra imagens dos fãs na porta do Chevrolet Hall e no final alguns trechos da apresentação. Assista:

  fontes: NETV e Bom dia PE

 

 

"Evanescence faz a festa dos roqueiros em Olinda"

 

 "Com 20 minutos de atraso, o Evanescence abriu o show  com o novo hit What You Want, emendando com a favorita Going Under, um dos seus primeiros sucessos. A vocalista, Amy Lee garantiu o tão esperado som pesado do rock com sua voz doce e potente durante cerca de uma hora e meia de apresentação. O repertório de 17 músicas mesclou faixas do novo albúm com músicas que não saem de moda.

Durante todo o show a princesinha do rock carregou a brandeira do Brasil pendurada em um braço. Amy arriscou o português para agradecer a presença do público balbuciando “obrigado” e encerrou o show com o clássico My Immortal, sentanda ao piano, levando, desta vez, também a bandeira de Pernambuco.  "

fonte Diário de Pernambuco
foto Blog Social 1
Obs. Foram feitas algumas correções no texto!

O Setlist foi praticamente o mesmo do show de São Paulo, só foi colocada Lacrymosa no lugar de Oceans:

"What You Want"
"Going Under"
"The Other Side"
"Weight Of The World"
"Made of Stone"
"Lithium"
"Lost In Paradise"
"My Heart IOs Broken"
"Whisper"
"Lacrymosa"
"The Change"
"If You Don't Mind"
"Call Me When You Sober"
"Imaginary (Origin Version)"
"Bring Me To Life"
Bis:
"Disappear"
"My Immortal"

(EDIT) A cantora Marina Elali conheceu a banda no Chevrolet Hall e essa foto foi divulgada pelo Blog Social 1.

 

 

Amy Lee esquece a calça e é salva por bandeira do Brasil

Amy Lee esqueceu a calça que usaria para ir a Fortaleza, mas foi salva por uma bandeira do Brasil! Veja o que ela postou no Twitter:

Sabe aqueles pesadelos em que você esquece suas calças? Graças a Deus tinha a bandeira que vocês nos deram! Brasil, vocês realmente salvaram a minha bunda